O MEU CAMINHO PARA ATINGIR 10 MIL SEGUIDORES NO INSTAGRAM!

Essa definitivamente é a primeira postagem que vou fazer no site que tem o mesmo nome do meu instagam! (E eu vou poder divulgar no stories com arrasta pra cima! hahaha) E não poderia ser diferente, logo pensei que deveria ser sobre a minha comemoração em relação a marca atingida de 10 mil seguidores. Marca essa que eu trabalhei desde 2018 para atingir. O timing combinava, a marca foi atingida recentemente e eu pensei, porque não falar sobre qual foram minhas estratégias usadas para atingir a marca? 

A minha primeira postagem, foi em 19 de julho de 2018. Com uma foto de uma capa temporária e uma sinopse breve como legenda, eu tracei o objetivo de ter 10 mil seguidores e usar como plataforma como meio de divulgação para tentar fazer as pessoas conhecerem a história do meu livro: O brother do meu irmão. 


De primeira, para conquistar seguidores em uma conta nova, meu primeiro passo foi sempre seguir as pessoas também. E seguindo pessoas em massa eu conquistei números expressivos logo de cara. Mil seguidores na primeira semana, por exemplo. Depois que você sai da casa de três dígitos de seguidores e pula para quatro, é menos frequente as pessoas retribuírem o seu follow, , mas ainda assim, bastante gente retribui e sua conta aumenta. 

No ano de 2018, eu tinha como compromisso postar pelo menos uma vez ao dia. Parece muito e nem sempre dá muito certo, mas você tem que manter o conteúdo ativo sempre. Um, a probabilidade do engajamento ser maior é grande e dois, as pessoas não deixam de seguir uma conta ativa. 

Também, logo assim que criei a conta e comecei a seguir as pessoas em massa, eu deixava de seguir sim, as pessoas que não seguiam de volta. Essa basicamente é a regra clara da internet desde os primórdios do twitter lá em 2010. 

Seguir, comentar, responder, visualizar stories, curtir fotos do feed, são passos essenciais também. Sua conta deve ser ativa não apenas para postar e divulgar seu conteúdo, mas para engajar outras pessoas! 

No ano de 2018, adotei uma estratégia ousada para divulgar meu livro. Enviar o PDF gratuito por e-mail para cada pessoa que pedisse. Nunca poderei me arrepender dessa jogada. Além de receber feedbacks cheio de carinho que aumentaram minha confiança na escrita, de quebra, ainda eram publicados resenhas do livro em outros ig's literários que divulgavam a história e o meu instagram. 

Repeti essa mesma jogada nos anos seguintes e sempre tive o prazer de receber feedbacks importantes e resenhas fofas, que ficam na minha ala de posts salvos. 

No ano de 2020, com um segundo livro encaminhado na minha cabeça, resolvi mudar o foco do instagram não só para falar sobre meu livro, mas também para abranger mais textos. Aprendi que apesar de ser uma ótima ferramenta de divulgação do meu trabalho, também seria incrível se usasse para compartilhar experiências, textos, leituras e outros assuntos que pudessem surgir. 

Esse tipo de post acabou que trouxe um engajamento maior ao meu instagram. Durante o ano de 2020, postei meme, fiz posts sobre meu livro, publiquei textos sobre situações horrorosas que esse ano nos submeteu e que eu simplesmente não conseguia processar a não ser escrevendo, comentei sobre minhas séries favoritas, sobre os CDs lançados que gostei e não gostei, publiquei textos que vinham do fundo do meu coração sobre os meus sentimentos, falei sobre minhas cantoras favoritas, falei sobre os livros que li, comemorei datas e fiz dele um pequeno espaço interativo, literário e de entretenimento. 


E durante tudo isso continuei seguindo pessoas, deixando de seguir quem não seguia de volta, acompanhando os números crescendo, devagar... mas persistindo na minha meta e quanto mais ativa no insta eu estava, mais pessoas seguiam sem que eu precisasse as seguir. 

O caminho para alcançar os 10 mil seguidores não foi exatamente fácil como achei que seria. Era uma meta para 2018, depois se tornou uma meta para 2019, e aí 2020 (onde achei que iria sem falta conseguir), mas acabou que veio em 2021. E foi algo realmente incrível. 

Me fez lembrar de continuar persistindo e fazendo as coisas com amor e dedicação. Não penso em dizer que meu instagram é influente ou um grande portal, mas ele definitivamente é algo especial. E eu o tornei especial no momento que decidi que iria colocar dedicação no propósito que tracei quando o criei. 

Sem mais, o caminho para atingir os 10 mil seguidores foi baseado nisso: se dedicar, traçar estratégias que funcionavam, insistir e não deixar de acreditar. 

Minha próxima meta é 20 mil seguidores. Se eu descobrir uma nova estratégia honesta sobre como dobrar esse número atual de 10 mil, eu comento aqui, ok? 

Até a próxima. 

Comentários